Este, é um espaço não oficial.


ESTE É UM ESPAÇO NÃO OFICIAL.
Bem vindo. Serve este espaço para divulgar acções, noticias ou acontecimentos relacionados com o CI em particular e com a PSP em geral, e ainda, assuntos que de alguma forma, para nós, tenham alguma importância a nível profissional, social e/ou cultural...

Todos poderão participar, mandem artigos para serem publicados na página principal para a.fortiori.ci@gmail.com

Guestbook LIVRO DE VISITAS

Em cada dez polícias, um é mulher

A comissária Paula Monteiro.

Em cada dez polícias, um é mulher. Elas são agentes, chefes e oficiais e estão em vários cargos, faltando apenas vê-la nos grupos mais "musculadas", como o Corpo de Intervenção (CI) e Grupo de Operações Especiais (GOE).

Para homenagear a presença das "senhoras" na Polícia de Segurança Pública (PSP), esta força policial inaugura hoje a exposição "Os polícias de saia e salto alto" no Pavilhão de Portugal, evento que contará com a presença da mulher do Presidente da República, Maria Cavaco Silva.

Dos cerca de 22 mil elementos que compõem a PSP, 2.189 são mulheres, que desempenham cargos como agentes, chefes e oficiais de polícia.

O porta-voz da PSP, Paulo Flor, disse à agência Lusa que há mulheres à frente do departamento de formação, no comando da quarta divisão do Comando Metropolitano de Lisboa e como diretoras de divisão na direcção nacional, além de várias comandantes de esquadras em todo o país.

Na Unidade Especial de Polícia (UEP), as mulheres estão no Corpo de Segurança Pessoal, mas não existe "senhoras fardadas" no CI, GOE, Centro de Inactivação de Explosivos e Segurança em Subsolo e Grupo Operacional Cinotécnico.

Paulo Flor adiantou que há mulheres que se candidatam a estas valências da UEP, principalmente ao CI e GOE, mas não conseguem passar da primeira fase dos testes.

fonte DN

Sem comentários:

Enviar um comentário